segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Envelheço na cidade (texto)


Não sei muito bem quais são as vantagens de ficar mais velho...alguns amigos me dizem que se vai ficando mais tranquilo (não me sinto mais tranquilo, me sinto mais cansado); outros dizem que se vai ficando mais sábio (não me sinto mais sábio, mas mais autocrítico); outros ainda dizem que se vai ficando mais seguro (nem preciso escrever nada sobre isso).
Não gosto muito do que estou me tornando. Ando impaciente (não quer dizer que um dia eu tenha tido paciência). Ando, quase sempre, com muita vontade de ficar sozinho. Parece que estou perdendo a afinidade com as pessoas. Se se repetem demais, aí nem um minuto de atenção. Sobretudo se se repetem de forma desisteressante. Aí me aconteceu algo inusitado...
Fiquei surpreso com um encontro que tive, numa festa de aniversário de uma amiga, com vários amigos da adolescência. Foi tudo tão divertido. Talvez o que me falte seja afinidade. Talvez eu esteja buscando nos novos amigos aquela cumplicidade distante com esses amigos. Ri muito...estava feliz...me sentindo em casa.
Não temos definitivamente afinidades com qualquer grupo...preciso ter história para fazer sentido...preciso poder fazer piada para me sentir à vontade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário