domingo, 8 de fevereiro de 2009

Malha fina do preconceito - Notícia

(Deu n'O Globo e na Folha de São Paulo) Pesquisa sobre homofobia, que ouviu 2.014 brasileiros em 150 cidades, fez o retrato do preconceito em três dimensões: o assumido, o disfarçardo e o "dos outros". Entre os assumidos, os preconceitusos, cerca 16%, chegaram a admitir que consideram os homossexuais "doentes", "safados" e "sem caráter". O que mais chama a atenção na pesquisa é a quantidade de brasileiros que admitiu ter preconceito.
Apenas 1% dos jovens acima de 16 anos não têm preconceito contra os homossexuais. Os demais até disfarçam, mas caíram na malha fina da pesquisa nacional realizada pela Fundação Perseu Abramo.
O Governo Federal usará o levantamento para colocar em prática novas políticas, e alerta que já detectou um desdobramento sombrio de tanto preconceito: a intolerância. A cada três dias de 2008, ocorreu um crime de ódio por orientação sexual no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário