quinta-feira, 21 de maio de 2009

Enquanto isso nos EUA...

Americanos são muito estatísticos
Têm gestos nítidos e sorrisos límpidos
Olhos de brilho penetrante que vão fundo
No que olham, mas não no próprio fundo
Os americanos representam boa parte
Da alegria existente neste mundo
Para os americanos branco é branco, preto é preto
(E a mulata não é a tal)
Bicha é bicha, macho é macho,
Mulher é mulher e dinheiro é dinheiro
E assim ganham-se, barganham-se, perdem-se
Concedem-se, conquistam-se direitos
(Americanos - Caetano Veloso)

Nos Estados Unidos da América branco é branco, preto é preto e a mulata não é a tal, já nos disse Caetano nos versos acima, na letra de Americanos, no entanto, pelo visto, a orientação sexual de qualquer um não parece ser critério para as escolhas políticas, ao contrário do que acontece aqui no Brasil.
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, indicou a parlamentar lésbica (sic) Jenny Durkan para assumir o Departamento de Justiça do Estado de Washington.
Jenny tem 50 anos e vive com sua companheira e dois filhos. Ao ter conhecimento do convite, afirmou em nota que "será uma grande chance de servir ao Estado e ao país".
A indicação de Jenny Durkan precisa ainda ser aprovada pelo Senado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário