quinta-feira, 25 de junho de 2009

O Michael é Pop (texto)

Aos 50 anos e com uma carreira marcada por grandes sucessos, morre o Rei do Pop. Quem (das gerações de 60/70/80) não dançou ao som de Billie Jean? Quem não tentou a dancinha eternizada pelo astro que simula passos em câmera lenta (moonwalk)? Quem não ficou boquiaberto com os seus videoclipes? Quem não se emocionou com as suas músicas românticas?
Desde os Jackson Five, aos 5 anos, Michael Jackson encanta com sua voz e performance: as vendas do grupo em singles e álbuns, incluindo coletâneas, podem chegar a 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo (e isso significa, como ilustração, que cada família aqui na América, tem um disco do Rei do Pop).
O cantor norteamericano gravou o álbum mais vendido da história, Thriller. Dezenove Grammys em carreira solo e seis Grammys com The Jacksons e 41 canções a chegar ao topo das paradas como cantor solo.
Fiquei triste com a notícia, porque eu estava esperando o seu retorno na nova turnê que começaria em julho. O Rei está morto, mas a sua música não!!

4 comentários:

  1. Eu achava que não gostava deste cara. Hoje descobri meio assombrado que eu cresci ouvindo suas músicas de uma maneira ou de outra elas fizeram parte de minha vida, talvez o que ele - cantor - se tornou nos últimos tempos tenha colaborado para minha aversão a sua figura, mas não a sua música e ao que construi no passado.

    ResponderExcluir
  2. Oi meu amigo, so quem vive é que sente a dor.
    que tudo fique bem...e que Deus se compadeça dos que sofrem. abraços

    ResponderExcluir
  3. a proposito, acabei de chegar, passei a noite no hospital, fiz um texto, um desabafo..leia-o.
    Fique com Deus. bjão

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca ouvi as músicas dele.
    Só o que ouvi foram as blasfemias... Fique imune qualquer comentário de minha parte.

    ResponderExcluir