terça-feira, 21 de julho de 2009

Confesso - Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro (música)

Confesso
sei que o amor é uma coisa séria

mas não tem mestre nessa matéria
eu mesmo já fiz miséria por amor
confesso
dei muito murro em ponta de faca
já fui fiel, já virei casaca
mil criaturas já fiz chorar de dor que loucura
já fui deixado na rua da amargura
quando a paixão se desfez
isso mais de uma vez
já fui barão, já cantei de galo
mas já sofri, também fui vassalo
bebi cachaça em gargalo por amor
confesso
já fui o outro em romance alheio
mas lembro bem, também já fiz feio
pois não há presa que escape dessa dor
que tristeza
já fiquei cego, já andei virando a mesa
o que o ciúme me fez, eu nem conto a vocês
foi tanta briga, foi tanta cena
tantos presentes de flor
mas tudo valeu a pena
e eu até virei compositor
eu posso nem ser tão feliz
mas digo uma coisa ao senhor que na vida o que eu fiz foi por amor

Um comentário:

  1. Gente!!!
    Estou com uma forte suspeita que amormeuzinho tá apaixonado!
    Rolou um ciúminho, mas coisa pouca.
    Bjs.

    ResponderExcluir