terça-feira, 22 de setembro de 2009

Dirce Migliaccio (texto)

A atriz Dirce Migliaccio, de 76 anos, morreu na manhã desta terça-feira (22), no Rio. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde. Ela estava com pneumonia e uma infecção urinária. Desde a última sexta-feira (18), a atriz estava internada no Hospital Álvaro Ramos, na Taquara, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Ela faleceu às 9h. Segundo a secretaria, Dirce estava se recuperando da pneumonia, mas estava com a saúde bastante debilitada e ainda apresentava um quadro de infecção urinária.
Dirce interpretou a personagem Emília na primeira versão televisiva deO sítio do pica-pau amarelo” feita pela TV Globo, que foi ao ar em 1977.
Em 2004, durante a gravação de um especial da TV Globo, ela teve um encontro com a atriz Isabelle Drumond, que na época interpretava a irreverente boneca de pano.
Nascida em São Paulo, em 30 de setembro de 1933, ela é irmã do também ator Flávio Migliaccio. Dirce estreou nos palcos em 1958, com a peça “Eles não usam black tie”. Em 1962, estrelou o filme “O assalto ao trem pagador”, de Roberto Farias. Mais recentemente atuou nos filmes “Buffo & Spallanzani” (2001) e “Xuxa em sonho de menina” (2007).
Na televisão, ganhou destaque ao interpretar a personagem Judicéia Cajazeira na novelaO bem-amado” (1973). Também participou das novelas “A gata comeu” (1985) e “Da cor do pecado” (2004).
Em setembro de 2008, Dirce sofreu um acidente vascular cerebral, que debilitou sua saúde e a colocou em uma cadeira de rodas. Desde então, ela viveu no Retiro dos Artistas, no Rio.


2 comentários: