terça-feira, 24 de novembro de 2009

Da série Contos Mínimos (texto)

Vendia-se como um grande homem. Mandava flores. Telefonava no dia seguinte. Conhecia vinhos, poesias e música. Só não sabia que roubar a solidão sem oferecer verdadeira companhia, não valia nada.

2 comentários: