segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Esporte e violência (texto)

Vergonhosa a forma como a torcida do Coritiba reagiu ao rebaixamento do time, vergonhoso tb como alguns torcedores do Flamengo comemoraram a vitória do hexa. Brigas, destruição, gente machucada, violência.
Em Curitiba um ônibus foi atacado por um bando de torcedores. Uma bomba decepou três dedos da mão de uma senhora que não tinha nada a ver com a história. Sequer era torcedora. Fora isso, aquela selvageria no Couto Pereira.
Acho que esses comportamentos deveriam ser punidos de forma mais efetiva. Como acontece na Inglaterra, por exemplo: os integrantes violentos de torcida devem se apresentar numa delegacia meia hora antes do início dos jogos. Os vândalos são rastreados e impedidos de entrar nos estádios.
Toda violência no esporte deveria ser banida: dentro e fora dos estádios. Jogador que faz uma falta grave, leva algum cartão, briga poderia perder parte do salário. Mexer no bolso sempre é uma boa estratégia.
Sei que talvez eu esteja exagerando, mas acho que exemplos tb podem surgir de leis mais severas. O que não pode são os espetáculos de agressividade e insanidade que assistimos SEMPRE.

2 comentários:

  1. Eu nunca entendi essa violência!
    Já pensou se todo mundo tivesse essa disposição para lutar por escolas, hospitais, respeito e etc.
    Em tempo; conheci um amigo seu!
    O mundo pequeno!!!!!!!
    Ele falou que vc deve odiar eu ficar te chamando de docinho, mas como vc não reclamou ainda;
    Bjs meu docinho de amendoim!

    ResponderExcluir
  2. Verdade! Mas não é só no futebol que os coritibanos e curitibanos estão violentos... por conta do desligamento dos "pardais" na capital, tem bonitinho andando a 190 km por hora, dentro da cidade. Deus nos proteja. Viviane

    ResponderExcluir