segunda-feira, 5 de julho de 2010

Belo Horizonte por um carioca que mora no Paraná (texto)

Minha primeira vez em Belo Horizonte (BH). Não me encantei de cara com a cidade, como de costume. Acho que ir a trabalho faz toda a diferença. Cheguei quarta-feira à noite morto de tanto viajar. Meia hora embaixo do chuveiro, meia hora desfazendo a pequena mala. Uma saída estratégica para jantar.
Todos os restaurantes encontrados na intenet não estavam mais no lugar indicado. E a fome só aumentando.
O taxista, sugeriu um. Aceitei porque com fome não dá para encarar nada. Nem o sono. É claro que não me lembro o nome, mas foi uma super-sugestão. Era uma churrascaria com tempeiro mineiro, com atendimento mineiro (quero dizer, com toda atenção e um pouco mais).
Na quinta pela manhã, fui conhecer a cidade. Eu estava hospedado no Centro e ficou bem fácil andar pelas ruas desconhecidas. Aos pouco a ficha caiu: como um centro da cidade de uma capital de um grande estado como Minas pode ser tão limpa? Tenho como parâmetro o Centro do Rio e lá é uma tristeza!
O trânsito não é dos melhores e o mineiro não é calmo, como diz  a lenda. 
Eu estava bem próximo do Palácio das Artes e do Mercado Central. Aproveitei para sentir o clima no mercado. Gente de tudo o que é tipo, tudo o que se imagina à venda.
Dei umas cinco mil voltas pelos corredores, observando cada uma das mercadorias. Tem de tudo, pra todos os gostos. Não comprei (nada). Uma mala pequena cheia de casaco. E além disso, pouca grana já que estava bancando toda a viagem.
Almocei no Mercado. Comida mineira, é claro! E, é claro tb, que a melhor culinária brasileira (E tem culinária em outro estado? Uma amiga-carioca_mineira diria que não, só nas Minas Gerais têm doçaria, entrada e pratos. Concordo.)
Aí quase o resto do tempo foi trabalho e uma pequena parada para o jogo do Brasil X Holanda. Sem comentários.
Na sexta-feira à noite, depois da Casa dos Contos (restaurante maravilhoso) uma esticadíssima na noite da cidade: A Obra, Velvet e outra boate da qual não me recordo o nome. Sei dizer que foi uma viagem bem bacana. Cara, é verdade, mas produtiva. Além do meu Grupo de Trabalho na Anpoll ter sido bastante interessante.
Bom demais ter ido a BH. Vontade de me mudar mês que vem pra cidade. Vontade dá e passe, como dizem. A minha tb vai passar.

2 comentários:

  1. (quero dizer, com toda atenção e um pouco mais).
    A gente é assim, sempre peca pelo excesso.
    Que bom que vc gostou da minha cidade!
    Bjs,

    ResponderExcluir
  2. casa do Contos é?????? deve ser bom a beça....rs

    bjs

    ResponderExcluir