sábado, 3 de julho de 2010

Recado para Vera (texto)

Vera, saudades de vc! Saudades sempre de vc. Estou em BH, e por falar em Belo Horizonte, preciso dizer que a cidade é 1000. A cidade é linda, limpa e muito interessante.
Mas não é exatamente sobre BH que quero lhe escrever. Ontem fui a um lugar chamado A OBRA (www.aobra.com.br) e enquanto eu observava as pessoas, por sinal lindas, e ouvia as músicas que tocava, fiquei pensando o quanto seria divertido estar ali com vc. Primeiro porque vc iria adorar o que rolava naquele lugar (a música  é boa demais), depois, as pessoas dançavam com vontade de se divertir.
Além disso, BH é uma cidade com pessoas/personagens. Sabe o que quero dizer? É que por aqui (ainda estou aqui, vou embora amanhã), acho que por conta do clima, pela distância do mar, as pessoas têm um estilo muito particular de se vestir. Elas não vestem a roupa, mas vestem-se de uma roupa.
Conheci tb pessoas interessantes. Através da Vanise, conheci a Cinara, através dela, dois amigos com os quais fiz um tour pela noite na cidade. Vc tb ia gostar disso.
Fomos a 4 boates. Cheguei no hotel às 4h e precisava estar na universidade bem cedo. Quase fui direto. Mas não me cansei porque, ainda que a noite tivesse sido pesada, foi divertido demais estar ali.
Fiquei tb lembrando das nossas noites divertidas aí no Rio. Quando saíamos para dançar, fosse no KuKunK, fosse no Boêmio, fosse no Lomas, sempre era bom! Mesmo se ficávamos preso no trânsito, na estação, mesmo se não fizéssemos nada, era divertido. Tempo bom.
Bom mesmo é quando nos reencontramos. Te amo muito mesmo.

Um comentário: