sexta-feira, 20 de agosto de 2010

UFRJ vai destinar 20% de vagas para cotas sociais no vestibular de 2011

A decisão sempre gera polêmica, mas vale à pena pensar sobre a reserva de vagas em universidades públicas
A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) acaba de aprovar, por apenas dois votos de diferença, o percentual de 20% de vagas para cotas sociais - ações afirmativas, para facilitar o ingresso de estudantes de baixa renda familiar e do sistema público de ensino, menos as escolas da rede federal e os colégios de aplicação ligados as universidades. 
A medida já vale para o vestibular de 2011. A votação contempla a proposta da reitoria e rejeita a alternativa de estudantes e funcionários de destinar 35% das vagas para as cotas. Anualmente, a UFRJ oferece 8 mil vagas. 
O placar final da votação no conselho universitário foi de 20 a 18. 
A UFRJ propõe bolsas de estudo para cotistas Os conselheiros decidiram ainda sobre as vagas que serão divididas entre o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e o vestibular tradicional. Quarenta por cento das vagas serão destinadas ao sistema de seleção do MEC e os outros quarenta por cento para o processo seletivo da UFRJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário