terça-feira, 7 de setembro de 2010

Deslizamentos


Penso onde não sou, logo sou onde não penso.(Lacan)

Um comentário: