terça-feira, 23 de novembro de 2010

Agridem e voltam pra casa como se nada tivessem feito (texto)

Cada vez que vejo novas imagens das agressões ocorridas em SP mais fico revoltado com todos esses fatos. Me pergunto como pode tanta covardia, como é que esses animais agressores (desculpe-me a ofensa aos irracionais que não tem nada com isso, mas é a palavra que encontro para tentar expressar a minha indignação) conseguem fazer isso, voltar pra casa, dormir, continuar a vida como se nada tivesse acontecido?
Não consigo entender definitivamente como nem os pais, nem alguma escola, nem ninguém tenha conseguido dar educação para esses criminosos. Como é que essa gente está solta pelas ruas de SP sem que nada seja feito. São bandidos e estão sendo protegidos pelo silêncio e pela (in)justiça brasileira.
Não se pode caminhar pela Avenida Paulista (ou em qualquer avenida do país) sem achar que se corre perigo (de vida). É vergonhoso como construímos adolescente dessa natureza!
Isso tb é o resultado do que se diz por aí sobre os homossexuais: igreja, ciência, medicina tem parcela de culpa nessas agressões. Já passa da hora da homofobia ser considerada crime passível de penalização. A Lei não acaba com o preconceito, mas pode fazer com que ocorrências como essas diminuam.

5 comentários:

  1. O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons.
    Martin Luther King
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Isso é impunidade! Como crer que há justiça no Brasil? São tantos casos sem a devida punição... Que venha a lei para combater a homofobia e que sejam punidos os criminosos. Quanto aos adolescentes agressores não deveriam ser avaliados com rigor por psiquiatras? Isso não é só "preconceito", ou "ato de intolerância"...

    ResponderExcluir
  3. Sumi por umas semanas do blog. A violência, e as mesmas notícias que bombardeiam a minha cidade e o Brasil andam me desmotivando. Voltei num suspiro de sobrevivência. Com uma vontade de reinventar o mundo.
    Que saibamos educar nossos filhos, e que o erro de acobertá-los não se torne frequente.

    Em choque.

    Até

    ResponderExcluir
  4. Acho que se a culpa está nessa lei arcaica, nossa abrigação é protestar. Esse sim seria um bom motivo para pintarmos a cara, não acha?

    ResponderExcluir