quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Da Série Contos Mínimos

Encontraram-se para um almoço depois de muitos anos sem se ver. Mantiveram o frescor da amizade. Colocaram-se em dia como se nunca tivessem estado longe.
Até a despedida sentiram-se como um pra sempre.
A vida, que separa, tb une.

Um comentário:

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...