sábado, 22 de janeiro de 2011

Da Série Contos Mínimos

A motivação tinha sido uma frase lida no dia anteior. Nem mesmo a urgência de sanidade foi suficiente para mantê-lo centrado. Porcos voando em rasante sobre sua cabeça. Moscas irônicas puxavam conversa. A avó morta preparava o café. Ele acreditava em um possível equilíbrio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Livro do desassossego, uma história curta para não dormir

Sempre que eu ouço o disco "A música em pessoa" e mesmo deslembrado dele começo pelo início, paro como se não houvesse nada alé...