quarta-feira, 23 de março de 2011

Sites, uma profusão deles prometendo desconto e estimulando compras quase inúteis (texto)

Recebo muitos e-mails, muito mais do que eu preciso/gostaria ou consiga dar conta. Ficam sempre muitos para responder. Alguns esquecidos, inclusive. Só depois de algum tempo minha memória, extremamente seletiva, me alerta de algum esquecimento sintomático.
Não é sobre a minha memória que gostaria de escrever (tá vendo o que nos acontece se a gente não tem foco?), mas sobre a grande quantidade de e-mails que tenho recebido, às vezes mais de uma vez por dia, me oferecendo produtos sem os quais eu não poderia viver.
Groupalia, Alvo da Cidade, Peixe Urbano são alguns sites que tentam me fisgar pela boca, estômago, espelho. São tiros para todos os lados: hotel na serra, 2 horas de painball, colocação de insulfilme, kit páscoa, filé à parmegiana + fritas + arroz em Ponta Negra, 2 diárias para casal, porção de acarajés + 1 caipiroska, 1 delicioso x-salada, 6 meses de asinatura da revista Época e por aí vai.
Com exceção do Peixe Urbano, do qual aceitei participar, os demais, e põe demais nisso, não faço ideia (ou faço) de como entrei nesse barco furado de ofertas diárias. 
O Alvo da Cidade, por exemplo, me manda por dia tantas ofertas que mesmo se eu fosse um comprador contumaz não daria conta de acompanhar o seu raciocínio mercadológico.
Como casar um x-salada +  2 horas de painball + uma máscara facial antirrugas e uma aula de mergulho na Ilha Grande, no Rio de Janeiro? Sem chance, pelo menos pra mim.
Fica aqui um pedido de coerência.

Um comentário:

  1. eu conheço um site de desconto bem legal, o pede.biz, nele agrega vários outros sites, muito bom rs

    ResponderExcluir