quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Atores deveriam interpretar e não achar que podem falar sobre tudo e qualquer coisa (texto)

O ator Marcelo Serrado, em entrevista, esta semana, na coluna de Mônica Bergamo, disse ser contra beijo gay em novela das 21h. Disse ainda que "Isso é algo que tem que ir quebrando aos poucos. Não quero que minha filha [Catarina, 7] esteja em casa vendo beijo gay às nove da noite [na TV]. Que passe às 23h30."
Acho, como já escrevi aqui, algumas vezes, diga-se de passagem, que artistas devem ser avaliados pela forma como trabalham e não por suas opiniões, normalmente, equivocadas. O ator não sabe o que diz e ponto.
Tanto não sabe que para ele a filha assistir  às 21h as cenas de sexo de casais héteros, as atitudes negativas baseadas em caráter questionável (como as da personagem Tereza Cristina), a subserviência canina e alienada do Crô, não há problema! Dá para levar a sério o que o ator diz?

Um comentário:

  1. ver um beijo gay não iria fazer mal algum para a filha dele, pelo contrário ela desde cedo saberia que existem as diversidades sexuais, agora o que faz muito mal é ela assistir a programação da rede globo que só faz aumentar cada dia mais os estereótipos envolvendo os homoafetivos.

    ResponderExcluir