sábado, 11 de fevereiro de 2012

Os sons da memória (texto)

Dentre tantos sons que me fazem lembrar a minha infância, a música Madalena, de Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza, gravada por Elis Regina em 1970, é uma delas. Minha mãe cantava sem parar e, por tabela, eu sem saber decerto o que cantava, acompanhava do jeito que eu entendia esta música. Hoje, fiquei em casa ouvindo muitas canções que me fizeram lembrar de amigos, de tempos, de outras canções.
Aí vai música e letra:
Madalena
O meu peito percebeu
Que o mar é uma gota
Comparado ao pranto meu.

Fique certa
Quando o nosso amor desperta
Logo o sol se desespera
E se esconde lá na serra.

Madalena
O que é meu não se divide
Nem tão pouco se admite
Quem do nosso amor duvide.

Até a lua se arrisca num palpite
Que o nosso amor existe
Forte ou fraco alegre ou triste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário