terça-feira, 5 de junho de 2012

REFLEXÕES MEZZO LOUCAS DE QUEM NÃO TEM SONO! (Emerson Inácio *)

* Ah, antes que eu me esqueça: O MUNDO SEMPRE FOI DOS HETEROS E NÓS, BICHAS E SAPAS, GAYS E LÉSBICAS, sempre tomamos na cabeça: morremos queimados, fomos desterrados, roubados, sacaneados! E agora é a gente que cerceia o direito dos Mafalafeias, digo, Mafalafaias da vida de falarem o que querem?

* Salve Nossa Senhora do shortinho atochado! Quem tem bundão, que mostre! Quem não tem, faça a Valeska e compre um! E ninguém tem culpa de ser gostos@!

* Pensem comigo: as bichas se montavam e lutaram pelo direito de se montar; queriam ser afeminadas; depois, queriam ser diferentes dos heteros; quebraram Nova Iorque, sacudiram San Fran; quiseram ser mais diferentes ainda; aí, veio a Caixa e deu financiamento; o Siro Darlan deu o direito de terem filhos e tudo o mais; o Gilmar Mendes, entre um papo tosco e outro, fez a bonita e no fim, ser diferente dos hetero passou a ser igual aos heteros! A gente anda pra chegar no mesmo lugar?

* Eu nada tenho contra heteros. Tenho contra o discurso que quer me heterossexualizar! Aliás, hetero são òtimos: TODOS TÊM MULHER E FILHOS COM QUE SE PREOCUPAR! E não me perturbam para além do necessário! Traduzo: querem meu corpo e pronto! Viro play ground (escrevi errado) e mantenho uma familia feliz!

* Acho que não existe amor em SP! Mas vindo do Crioulo, meio desancantado e sem lugar, penso duas vezes e caio em busca do novo! Ou do ovo! Mas eu ainda prefiro o Mano Brown!

* Desculpem-me a sinceridade: CANSEI DO DISCURSO HETERO-REACIONÁRIO-CAMUFLADO-DE-LIBERDADE-DE-EXPRESSÃO! Queria saber quem foi a endemoninhada que inventou que homofobia e liberdade de expressão são sinônimos!!!!!!!!!
E digo mais: bicha homofóbica, lésbica homofóbica, auto-homofóbicos em geral me cansam! Tô começando a cansar de ursa discriminando pintosa, de pintosa magrela se achando melhor que as gordas, de trava me chamando de "a gay"... porra, não estamos todos no mesmo barco? Ou seja, demos um passo atrás nas conquista humanas enquanto parecemos avançar nas conquistas políticas?

* Me erra: quer romance, compra um livro! O day by day é trágico, meu bem!

* EStamos avançando em termos de conquistas? Não, parece que não estamos! Pq em nome da tal "liberdade de expressão" Liberdade de expressão é dizer o meu afeto sem ser discriminado, reprimido ou ter de aturar discurso recalcado! Isso sim!

* Não sei se a vida começa aos 40! Sei que HÁ VIDA, do mesmo jeito que HÁ VAGAS! Eu vivo há muito tempo e não tô muito preocupado com isso!

* Kd meu direito de dar pinta? Estamos aqui pq um monte de bicha preta, latinas, feias, mal vestidas e velhas foram chorar a partida de Judy Garland! E eu, por acaso, sou preta, latina, mal vestida, nem tão feia e nem tão velha! Resolvi fazer do dia a dia um pedaço de briga só pra eu poder ser. Elegi a minha diva e choro com Elza cantando "Meu Guri". Então, me deixa chamar Valeska e Gaby Amarantos de diva! Não curtiu? Vá dobrar suas cuecas! E calcinhas!

* Salve Nossa Senhora dos 101 Dálmatas, que protege quem tem (e dá) pinta!

* Eu era casado a 3 e o que mais ouvi mesmo dos gays foi "ai, isso não vai dar certo nunca". Que merda de tolerância é essa que em nome da diferença afirma o mesmo de sempre? Meus amigos hetero adoravam a idéia, principalmente os homens (no coments, Josh)! (Tinha muito homem hetero querendo ser o quarto!!!!)

* Não fomos catequizados. Fomos bulinados pelos que mandavam. Curtimos a nossa perversão e somos mais felizes por isso! Depois, fomos ao Juizado de Pequenas Causas e acusamos os bolinadores de terem paus pequenos!

* Desculpem-me mas casamento a dois é modelo de familia nuclear tradicional, a mesma familia que defende que eu não tenho direitos de pessoa, que o ***, mesmo tendo vivido comigo por lindos 14 anos, não tem direitos sobre o que construímos juntos e está no meu nome! E pq que eu não posso casar a 3? Em que medida os novos arranjos não refletem as novas subjetividades e as novas possibilidades? Não, não quero que minhas relações sejam percebidas a partir do que me nega! O bombardeio "certinho" e heterossexualizantemente familiar diz pra ser igual à mamãe. Mas ninguém me pergunta se eu quero ser igual a ela ou se quero inventar algo que me caiba ou que se aproxime do meu tamanho! Até pq, Mamãe foi infeliz pra caráleo!

* Sobre mamãe, eu adorava as unhas cor de ferrugem! Retrô e futurístico ao mesmo tempo! Burro foi o *** que nunca reparou! Mas, pensando bem, ninguém que se chama "***" pode ser feliz com um nome desses! Ou pode reparar coisas belas tendo que conviver com uma alcunha dessa monta! O ser é estético e se o que nomeia o ser não o é, isso não pode dar em coisa boa!

* Com mamãe aprendi que quem mandava, podia! Ela "era", mandava e ninguém sentia! Pena que faltei muitas aulas! Agora me chamam Dominatrix!

* Me desculpem as educadoras cidadãs e as "picicólicas" de Jesus, mas homofobia é homofobia. "Bulling/bullyng homofóbico" é invenção de quem quer esvaziar o discurso do outro, viu? Me provem que é a mesma coisa que eu escrevo outro texto me retratando!

* A criatura que inventou o dildo deveria merecer um feriado! Mesmos louros pra quem inventou o KY e o direito de usarmos calças vermelhas! Preciado, só Preciado, sabe o valor que um dildo tem! Quem ainda não descobriu, é besta!

* Desde os 8 anos eu já sabia o que era sexo. Coelho Neto, Chico Buarque e alguns mais pelo jeito sabiam mais que eu!

* Ficam ai cuidando da vida do Mário de Andrade! Acho péssimo e me pergunto quem havia de querer aquela bicha beiçuda!

* A moda agora é o "bullyng gastronômico": esse povo que quer me namorar e me convida pra comer podrão e mc shit precisa mesmo ouvir uns impropérios! Salve Nossa Senhora do Caldo Maggi que deixa tudo com o mesmo gosto e que decanta o bom paladar dos que comem pacotão da Sadia!

* E não me adianta torrar meu saco (adoro objetos pleonásticos, viu?) com discurso em favor da masculinidade gay que beira a heterossexualidade homofobica (abadá xadrez e suspensório é mais last week, depeche mode que qq outra coisa. Por favor, corram da Renner e da C&A e das sua liquidações em Xadrez!) e nem com essencialismo homossexual ou de gênero pq me cansam da mesma forma! Recebi uma revista direcionada ao publico "bear", com um artigo de umazinha aqui de SP, 100% machista e homofóbico, que me fez chorar no cantinho de tanta vergonha: burra, feia e escreve mal! É possivel ter mais defeitos numa criatura só?

* Antes um feio pelado que um maravilhoso com uma calça que tem mais detalhes e bolsos que calça propriamente dita!

* DEus sabia o que fazia: colocou o cu e o pau no centro do Mundo!

* Eu, no fundo no fundo, não quero ser bicha-hetero! Quero ser, simplesmente, o que me convier! Quero ser viado, sim, bicha-bicha! dar pinta com o ***, meu sobrinho bem resolvido e de quem eu me orgulho, entender com a Rosemary Granja que a diferença só aproxima e não afasta, curtir com o Roberto Bozzetti ou com a Lia Lee, Luana Barossi e Kathya Cegha o pleno direito ao uso do corpo, com maquininha de cartão e tudo, pegar pesado (e leve) com *** e ***, fazer do dia a dia da academia uma prática politica, identitária e cidadã como o fazem Mario C. Lugarinho, o Luiz Mott, Simone, Rita e Tânia Macedo ou Sérgio Aboud!

* Gosto dos Santos! E das santas! Mas seria bem mais devoto se soubesse que alguém chegou aos céus pq gozou muito! Eu me sentiria muito mais recompensado!

* Desisti dos Santos porque não tinham corpo! Acho tudo de bom Exu pirocudo, Oxum xerecuda e tudo o mais! Lembram da minha humanidade e do quanto sou nada diante do meu prazer!

* Cadê meu direito de dar na pinta e ainda assim comer você? Não confunda estilo e gaiatice com posição sexual, meu bem! E se eu quiser dar, isto é um direito que me assiste! Vc pode gostar ou não! Mas quem disse que eu estou preocupado com isso!?

* A diferença entre o Céu e o Inferno é o designe que os assina! Penso ainda que tudo é uma questão entre Kenzo e Laggerfeld! Minimalismo e Arabescos em excesso! Mas vamos combinar: se vc não entendeu a diferença, tente opor a 25 e a Oscar Freire! Moral da História: cada um tem o lugar que merece!

* E não me segue que eu não sou novela, diria uma preta luxuosa que desfila comigo na Tijuca e na Mangueira! Agora se o bofe for odara, que me siga, que me persiga, me assedie e me conquiste! E QUE PAGUE A CONTA NO FINAL!

* Phoda é que no fim, depois de tanta briga, porrada, bicha e trava e lésbica mortas a pauladas, a gente ainda faça o discurso do que nos oprime! Se vc não pensa, que cante babalu em grego! Ou pede pra cagar e vaza desse mundo! Tá cheio mesmo...

* Vale lembrar: negar a si o direito de ser equivale a assinar embaixo da mesma merda de vida que Malapheya e Bols-onagro querem pra mim! Eu não janto nem com babaca e nem com assassino! Por isso mesmo desisti de ler e ensinar metade da literatura africana de lingua portuguesa!

* Eu custo caro e não tenho vergonha disso: não me venha com Rommanel pq Vivara é minha área de lazer! Já tive G-Shock da galeria Pagé roubado no busão! Vai me roubar, bandido, mas que roubem um original!

* Não me acuse por gostar de couro de verdade e por colecionar jóias verdadeiras, afinal, os maridos vão e os diamantes ficam! E alguém precisa pagar por isso!

* Cansei dos idealismos marxistas: PERGUNTA PRA MINHA EMPREGADA, A ***, POBRE DESDE SEMPRE SE ELA GOSTA DE POBREZA? Joãozinho sabia: quem gosta de trapo é intelectual metido a besta! Pobre gosta de luxo, riqueza e brilho! E deixa a nega sambar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

* Poupem-me do enjôo: saia cigana, hippie de butique, que custa 500 real não combina com o discurso pelos marginalizados. Adorar a "Africa" e comprar vestido feito com capulana e que custa 700 paus tb não! Traduzo: ser pobre no Jardim Europa ou no Leblon é muito dificil! quero ver sacolar na Zé Paulino!

* Eu sou contraditório e me reservo o direito de sê-lo. Isso me é pessoal e intransferível!
Emerson Inácio é professor da USP e membro da Associação Brasileira de Estudos da Homocultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário