quarta-feira, 28 de maio de 2014

Da Série Contos Mínimos

A janela que dava para o mar não mostrava apenas uma paisagem. Mostrava-me. Nela eu também me significava. Ali eu era.

Nenhum comentário:

Postar um comentário