quinta-feira, 31 de julho de 2014

Saudade desse meu canto

Meu último mês em Portugal: a contagem é regressiva e em algumas semanas estarei de volto ao Brasil. Ando tão ansioso que estou com quase tudo pronto. E não é exagero, tenho apenas algumas roupas fora de malas porque não dá para andar nu por aqui. 
Hoje, fiz mais uma pequena arrumação para descartar as coisas que não serão mais úteis, além de mais uma revisão geral na papelada para encontrar coisas descartáveis que foram ficando por aqui por acreditar que eu iria usar, precisar, consertar etc.
Sei que a volta tb não vai ser muito fácil porque ela significa necessariamente retornar ao trabalho e encarar coisas as quais praticamente deixei de lado durante este ano: principalmente os problemas e gente que não faz falta alguma. Por outro lado, voltar à universidade tb significa encontrar muitos amigos e isso é sem qualquer dúvida importantíssimo porque a saudade é grande demais.
Vou sentir saudades daqui: seu Manuel, a Ana e D. Almerinda, a comidinha saborosa de todos os dias e aquele tratamento carinhoso de quem foi adotado por esses novos amigos portugueses. Além deles, um montão de gente que entrou na minha vida pela porta da frente do meu coração e que vou sentir falta: Irene, Manuel, Giorgia, Milton, Priscila (que ficam por aqui), Giuliano, Ismael, Ana, Roberta, Karen, Cacau (que terei mais chances de reencontrar num futuro próximo, no Brasil). Meu coração vai cheio de saudades de todos vocês.
E tb cheio de vontade de chegar para rever meus amigos, meu padrasto, meu cachorro, minha cidade, minha casa. Que saudade desse meu canto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário