domingo, 17 de agosto de 2014

Re-sentindo

A gente sai de um jeito e volta de outro. O nosso mundo tb se transforma. E tudo que era pode não ser mais. Tudo aquilo pode não fazer mais nenhum sentido, ou fazer um outro sentido. E a gente vai assim se re-sentindo.
Dizem que a linguagem é  apenas significante e o sentido sempre pode ser outro: sentindo outra vez se ressentindo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário