segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Da Série Contos Mínimos

Tudo estava e-xa-ta-men-te no mesmo lugar, apenas o meu olhar tinha se deslocado. Fiquei impressionado como tudo havia ficado congelado. Parado. Sem som. Sem vida. Tudo esperava. O CD da Jussara Silveira ainda estava no aparelho pronto para ser ouvido, mas não o fiz, porque eu precisava arejar o ambiente.

Um comentário:

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...