segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Da Série Contos Mínimos

A casa estava abandonada. Nada nela nos fazia lembrar daqueles velhos tempos. Tudo estava triste: folhas secas, teias de aranha, lixo. Um homem sozinho vivendo de um passado que não ia mais voltar. Era  demais ver tudo aquilo sem nada poder fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário