terça-feira, 21 de abril de 2015

Conversas virtuais que não acabam mais

Resultado de imagem para conversa via telefoneAcho que já escrevi aqui inúmeras vezes sobre não gostar de conversar escrevendo. Não tenho habilidade pra isso. Não tenho por isso paciência tb. Mas sei que existe uma certa geração que  tem, inclusive fazem melhor teclando do que ao vivo (de forma geral, é claro).
Eles não entendem de modo algum a não ser que vc diga com todas as letras que essa atividade é chata. Muito chata mesmo! Eles insistem nas conversam, que não acabam mais, diga-se. E além disso, o que já não é pouco, insistem em mandar flashes, do tipo: oi (envia), tudo (envia) bem? (envia).
E aí sou bastante econômico porque espero que assim o outro compreenda que não quero conversar desse jeito. Mas não tem muita alternativa porque é natural pra grande maioria que vc gosta desse tipo de interação e que vc está disponível pra isso.
E se vc esquece ou sabe-se lá como o bate-papo do Facebook está ativado? Um inferno. Hoje, fiquei aqui sem saber o que fazer porque enquanto um me mandava textos enormes pelo Face outro me mandava mensagens cifradas pelo whatsapp.
O fato de vc estar online não significa necessariamente que vc queira conversar. Acho que seria bastante educado perguntar antes, assim como a gente (educadamente) faz ao realizar uma chamada via celular, se a pessoa está disponível ou quer conversar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário