quinta-feira, 16 de abril de 2015

Não importa se é segunda ou domingo

Resultado de imagem para cansaço crônicoQue semana! Nem bem iniciou a quinta-feira e eu me sentindo mais cansado do que jamais me senti. Meu corpo e mente se sentindo em dezembro, como se eles tivessem atravessado um ano de aulas e de compromissos acadêmicos de todas as ordens: já acordo com a sensação de que o dia terminou, mas sequer iniciei as atividades. É um cansaço crônico. 
E não adianta dormir cedo ou descansar logo depois que chego em casa. Nada. Nada me faz sentir com mais disposição. Faço planos de sair à noite, mas, é chegar em casa e aquela vontade querer deitar um pouquinho, só um pouquinho, um instantezinho. Isso dura, no mínimo, umas 4 horas. Bem, e o pior é que não acordo revigorado. Ao contrário, parece que nada aconteceu.
E aí engana-se quem pensa que o final de semana é suficiente pra eu me sentir menos cansado. Não é. Segunda acordo exatamente como acordei hoje, quinta-feira, com aquela sensação de dia inteiro em atividades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário