quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Da Série: Contos Mínimos

Guardei o som da voz da minha mãe em uma caixinha pra ouvir sempre que desse saudades. Ouço todos os dias um pouquinho pra não me esquecer da sua doçura.  

Um comentário: