sábado, 7 de maio de 2016

Da Série: Contos Mínimos

Neste sábado, numa manhã qualquer, fria-silenciosa e solitária. Desses dias comuns. Os dias passam em passos largos ao lado da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário