terça-feira, 11 de maio de 2010

Da Série Contos Mínimos (texto)

Ela tinha medo de cair de si. Era aflitivo. Parecia estar, o tempo todo, no parapeito de uma janela alta, na iminência de uma queda.

Um comentário:

  1. Tem momentos na vida que é assim mesmo, acredito que na vida de todo mundo.
    Espero que ela tenha amigos que gostem muito dela, que oferecem ajuda de qualquer jeito, dão o número do telefone se ela precisar conversar a qualquer hora.
    Tomara que ela seja tão amada como eu amo vc, pq ai logo , logo ela desce desse parapeito.
    Bjs meu trenzinhoquedeveestarsentindofriinho.

    ResponderExcluir