terça-feira, 10 de março de 2015

A saudade corta

A tua saudade corta
Como aço de naváia
O coração fica aflito
Bate uma, a outra faia
E os óio se enche d´água
Que até a vista se atrapáia, ai...
(Cuitelinho) 

 






Nenhum comentário:

Postar um comentário