quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Desculpe o transtorno - Parte I

Não há reforma sem problemas. Sem muitos problemas. Cem problemas. Hoje, por exemplo, os pedreiros vieram, não sei que horas porque saí bem cedo para o trabalho, mas quando cheguei em casa, por volta das 15h, já não estavam mais.
Cheguei neste horário porque os caras responsáveis pelas portas e janelas precisavam tirar algumas medidas e os pedreisos não atendiam o celular. Aí, saí do trabalho para ver o que estava acontecendo. O que estava acontecendo? Nada.
O que fizeram? Preencheram com cimento 2,5 metros quadrados. Apenas isso. Um dia inteiro perdido. Muito provavelmente, atraso na entrega final, uma vez que hoje foi um dia bem pouco produtivo.
Fico bem chateado porque não foi isso que combinei. Mas palavra mesmo só existe de um lado, pelo visto.
Amanhã, vou esperá-los para conversar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Da Série: Contos Mínimos

Ele era um precipício. Ela não tinha medo de altura.