sábado, 15 de agosto de 2009

Coração Vagabundo (documentário)

Gosto demais de Caetano Veloso, até de seus ataques contra algum comentário sobre ele. Quero dizer, então, que gosto tanto de ouvi-lo cantar quanto de sua maneira, às vezes polêmica, de enxergar o mundo. E olha que o cara fala sobre quase tudo.
Neste documentário do paulistano Fernando Grostein Andrade, além do compositor, do intérprete, do homem que fala (muito), conhecemos o Caetano na turnê do CD A Foreign Sound por São Paulo, Nova York, Tóquio, Osaka e Kyoto.
É tudo bom demais.
Até a Paula Lavigne. Não há o que dizer da trilha sonora...como sempre, impecável.
Filmado entre os anos de 2003 e 2005, o longa conta com participações do cineasta Michelangelo Antonioni, David Byrne, uma tímida participação de Regina Casé, Pedro Almodóvar e muitos elogios de Gisele Bündchen.
Eu destacaria o momento em que um monge diz a ele que ouve a música Coração Vagabundo muitas vezes por dia e a sua reação. Eu tb fiquei emocionado e, não que eu já não soubesse, ali vi a importância desse nosso músico no cenário mundial.
Vale pela música, pelo homem, por sua interpretação, pelos depoimentos. É de um super-bom astral. Eu vejo mais 3 vezes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário