segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Um grande privilégio!

A Saudades nunca acaba. Bem ao contrário, ela, naturalmente, apenas cresce. Hoje faz 6 anos que a minha mãe morreu. De repente, bateu aquela lembrança dela e aí me dei conta de que se tratava do dia 19 de outubro.
Bem, não lembro dela apenas com tristeza. Na verdade, na maior parte das vezes, lembro-me dela com muita alegria. Já disse, muito provavelmente, isso aqui algumas vezes.
Sinto-me feliz por ter vivido 44 anos em sua companhia. Isso é um privilégio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário