terça-feira, 4 de agosto de 2009

SEM NADO (e não estou falando do Cielo) (texto)

Deu na Globo.com: O presidente do Conselho de Ética, Paulo Duque (PMDB-RJ), afirmou nesta terça-feira (4) já ter tomado uma decisão sobre as acusações contra José Sarney (PMDB-AP). “Já está tudo decidido, está apenas em segredo. (...) Eu estou cumprindo um dever cívico, sem medo de nada. Estou preparado para tudo”, disse.
Cabe a Duque decidir pelo arquivamento imediato dos pedidos de investigação contra Sarney ou pela nomeação de um relator para analisá-los. Ele deverá anunciar sua decisão na reunião desta quarta-feira (5) do colegiado. O Conselho de Ética tem 11 pedidos de investigação contra o presidente da Casa.
Duque minimizou o poder que tem sobre o destino de Sarney. Ele destacou que caberá recurso ao plenário do Conselho qualquer que seja sua decisão. “Se eu arquivar ou não isso não será definitivo porque cabe recurso”.
Ele negou que tenha recebido qualquer pressão para tomar sua posição. Duque foi indicado para o cargo de presidente do conselho pelo grupo do líder do PMDB, Renan Calheiros (AL), ALIADO de Sarney.
Na segunda-feira, Renan chegou a bater boca em plenário com o senador Pedro Simon (PMDB-RS) quando este pedia a saída do presidente da Casa da função. Assessores de Sarney anunciaram no fim da manhã que ele faria um pronunciamento ainda nesta terça-feira. Mas acabou sendo adiado para a quarta, mesmo dia da reunião do Conselho de Ética.

Nenhum comentário:

Postar um comentário