quarta-feira, 4 de agosto de 2010

O frio conforme o cobertor (texto)

Faz frio. O sujeito é inexistente, porque é fenômeno da natureza, mas estamos passando por um aperto daqueles. Hoje não se via um palmo a frente do nariz, e olha que o meu nariz não chegar perto do do Luciano Hulk.
Um dia chato. Chuva. Muito frio. E tem gente que gosta. Aqui onde moro é frio pra burro e a casa nem de longe é praparada pra ele. No Rio tenho água quente no banheiro e na cozinha (e a temperatura por lá não chega aos 17 graus). Aqui nem o chuveiro esquenta como devia. Quem pode com isso?
Preciso acordar cedo e falta coragem para sair da cama.
Hoje estou com o lençol térmico e o aparelho de ar quente fuincionando, mas nem assim me animo.

Um comentário:

  1. Ale

    olha eu gosto do frio, mas devo concordar com vc, tenho ar condicionado, agua quente na torneira, um aquecedor e um daqueles umidificadores de ar, ou seja, com tanto recurso, preciso revisar se gosto mesmo do frio, ou de usar os meios que tenho de me aquecer.
    e olha que essa noite foi fria heim...bjs querido

    ResponderExcluir