domingo, 25 de abril de 2010

O Parasita (texto)

O Parasita (jornal dos alunos do Curso de Farmárica da USP) desculpou-se, em nota, pelo "exagero cometido na última edição", aquela na qual os editores incentivam os leitores para jogarem fezes em gays, segundo o jornal, viadinhos"). Eles denominam exagero a discriminação por orientação sexual. O fato de se desculparam não ameniza, em hipótese alguma, a intenção primeira.
A forma como justificam a matéria, o fato do jornal possuir um humor escrachado, também não suaviza o incentivo à violência. Se fosse um texto que incentivasse os leitores a praticarem violência, jogar fezes ou o que quer que fosse,  contra negros, por exemplo, eles teriam praticado crime de racismo e poderiam ser indiciados por conta disso, mas fezes em gays, viadinhos, bichinhas ou bichonas é humor.

Um comentário:

  1. Infelizmente ainda é assim: Bate, depois assopra que fica tudo como era antes.

    E enquanto isso, o projeto de lei contra homofobia continua dando voltas e voltas...

    Espero que um dia chegue e as coisas mudem.

    Abraço

    ResponderExcluir