segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Se eu pudesse atravessa essa tarde. Sem pena de perder o dia. Tô perdido e nada me faria sorrir.
Tem horas que apenas o colo da mãe, ou, nessa impossibilidade, uma ligação para reclamar um pouco dessa busca sem sentido. Mas nem isso dá pra fazer e preciso, sozinho, me virar.
Me viro para os lados possíveis e não vejo nenhuma porta para entrar, me esconder e ficar ali bem quietinho sem nada e nem ninguém.
Como consolo, escuto Stacey Kent, só mesmo música para aliviar um velho coração.

3 comentários:

  1. Ei Alexandre!
    Alegre-se! Seu coração ainda aguenta muita coisa!
    Boa semana!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  2. Pois é Alexandre,
    vou te falar o que se já te disse tudo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Segue um abraço bem apertado. N (RJ)

    ResponderExcluir