domingo, 10 de outubro de 2010

Primeiro debate entre os dois candidatos à presidência da República (texto)

Neste momento inicia, na Bandeirantes, o debate entre os presidenciáveis Dilma Rousself e José Serra. Estou acompanhando com a maior atenção. Serra Inicia o tema: Educação. Fala sobre as suas propostas para a educação brasileira. 2 minutos depois, Dilma inicia a sua fala tb sobre a educação pública. Em seguida um candidato faz pergunta ao outro.
A Dilma pergunta a Serra sobre as calúnias sobre ela na mídia. Sobretudo em relação ao aborto. E lembra a Serra que ele assinou uma lei legalizando o acesso ao aborto no Sistema Único de Saúde.
O debate, neste momento, entra em questões pessoais: deus, religião etc. no momento da réplica do Serra. Em seguida Serra pergunta sobre segurança pública. Dilma está respondendo agora e toca na questão da polícia de São Paulo. 
O debate me parece meio perdido, a pergunta não tem muita relação com a resposta, ou seja, cada um deles responde o que quer sobre o tema. Na réplica de Dilma, ela fala de um acessor de Serra que fugiu com dinheiro da campanha. E assim termina o primeiro bloco.
O segundo bloco, Serra pergunta sobre as Santas Casas de Saúde. Dilma resposde e pergunta sobre as mulheres que fazem aborto. Serra não responde. E fala sobre as Santas Casas. Dilma dá resposta sobre o tempo em que Serra foi Ministro da Saúde e nada fez em relação à dívida das Santas Casas. 
Dilma pergunta a Serra sobre as ações da Petrobrás. Serra diz que tem cabeça própria e que nã foi pinçado por ninguém. Diz que na sua vida pública ele não tem nada a esconder, a vida dele é pública.
Dilma pergunta sobre as declarações de Fernando Henrique Cardoso (FHC) sobre as práticas de privatizações atribuídas a Serra. Serra responde: diz que o PT na prática faz outra coisa. Diz que o PT privatizou dois bancos.
Segundo o Serra o Brasil do PT seria o Brasil do Orelhão. Dilma replica, o meu Brasil não é o do orelhão, mas o da Banda Larga. Ela fala sobre os recursos do Pré-Sal e diz que o candidato está desinformado sobre os recursos dessa riqueza que, segundo ela, é a maior riqueza do país.
José Serra faz a próxima pergunta e retorna ao tema Segurança Pública. Dilma responde que o problema da segurança é a longo prazo e não imediata. Dilma diz em sua téplica que Serra está manipulando os dados. Dilma fala sobre a parceria entre as polícias e diz tb que é importante o policiamento de fronteira. Agora fala sobre os usuários de droga em SP.
Final do segundo bloco. 
Inicia o terceiro bloco.
Os candidatos voltam a se perguntar. pergunta de um minuto e resposta de dois minutos. Boechat abre o terceiro bloco. Dilma pergunta: Serra vc foi ministro do planejamento na época áurea das privatizações, quantas empresas vc privatizou nesse processo? Serra fala da telefonia e não responde objetivamente a pergunta. Ele fala sobre os leitos para usuários de drogas. Dilma diz que o candidato não respondeu: lembra da Nossa Caixa e a Cesp. Serra diz mais uma vez o debate voltou ao mesmo ponto. E responde sobre a venda do Nossa Caixa.
Serra pergunta: volta ao assunto da Saúde. Implantação dos genéricos. Segundo a Dilma a produção de genéricos aumentou.
Serra ri debochadamente ao inciar a sua réplica. E diz que é natural que a produção dos genérios aumentou porque não é feita pelo governo. Dilma em sua tréplica diz que Serra é réu em processo de calúnia.
Termina o terceiro bloco. 
Início do quarto e penúltimo bloco. 
Serra pergunta a Dilma: a respeito de infraestrutura portos e aeroportos. Dilma responde que durante o governo do FHC nada foi feito em relação aos investimentos de portos. Segundo a Dilma houve democracia em relação ao uso de avião no país e por isso os problemas de infraestrutura. Dilma, na sequência, pergunta: Se Serra vai dar continuidade aos programas do Lula. Diz que vai continuar tudo o que deve ser continuado. Em sua tréplica continua com os risinhos e diz que não falou mal de nenhum dos programas, mas que o governo não entregou as moradias que prometeu.
Termina o quarto bloco.
Intervalo.
Inicia o quinto e último bloco em 30 segundos. 
Dilma começa os seus 3 minutos para fechar o debate. Fala sobre as calúnias e diz que sempre respeitou os adversários. Diz que lamenta muito os momentos que a campanha baixou o nível. Diz que quer construir o futuro, lembra da educação básica às universidades. Acesso à saúde, aos exames, ao fim das filas nos hospitais. 
Serra inicia os seus três minutos. Pede votos e pede que cada um de seus eleitores consiga mais um voto. Diz que vai trabalhar para construir no Brasil uma economia forte. Serra diz que vai manter e ampliar os programas socias.

Acredito que o debate deu, de certa forma, para comprender, pelo menos, as propostas de cada um dos candidatos, o passado de cada um deles e o que esperam para o país. É claro que muito no não dito tb nos pode esclarecer sobre as intenções de cada um dele. O silêncio disse muito mais do que as palavras.
Foi um encontro tenso do início ao fim, mas a tensão tb nos ajuda a entender um pouco as personalidades de cada um dos candidatos.
Eu n ão votei no primeiro turno, mas voto no segundo. Sei o que passei na universidade pública durante os anos de FHC e não gostaria de repetir a dose. Sei tb que as privatizações proposta e executadas pelo PSDB não foram as melhores coisas desse governo, sobretudo porque eram empresas que produziam e geravam empregos e capital pata o país.
Por outro lado, não posso me esquecer do controle da inflação durante os oito anos de Fernando Henrique Cardoso, mas tenho certeza de que o país melhorou muito nos oitos anos de Luís Inácio Lula da Silva. Principalmente em relação aos investimentos no norte e nordeste do país, regiões sempre esquecidas pelos presidentes. E tb as mudanças em relação ao pode aquisitivo de uma parcela da população do Brasil.
Ainda que se critique muito os programas sociais, ele retirou da miséria muitos brasileiros.

3 comentários:

  1. ...e para completar todos xingam todos, ameaçam todos, prometem tudo e não fazem nada.
    Será que se desse uma arma para cada um, eles se matavam?

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderExcluir
  2. Moro no nordeste e penso que Dilma ainda é a melhor opção para o Brasil

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alexandre,
    Não assisti ao debate, mas soube que a Dilma surpreendeu o Serra e tb muitos telespectadores. Compreendo que uma boa saída é convencer o eleitor indeciso quer tenha ele votado na Marina ou não. Também estou na luta, pois acredito que o governo de Serra para a educação, por exemplo, não é bom!

    ResponderExcluir