terça-feira, 4 de outubro de 2011

Gay tem perna quebrada por agressores em SP

Mais agressão contra gays na região da Avenida Paulista em São Paulo. Tá virando rotina e muito disso se deve à impunidade que, de alguma forma, proteje esse tipo de violência. É crime de intolerância e deveria ser tratado dessa forma.
O que se ouve dos bolsonaros de plantão é que não passa de uma homonormatividade tentando impor a própria sexualidade aos demais.
Orelhas cortadas; braços, pernas e dentes quebrados; traumatismos, rostos cortados são, possivelmente, invenções dos próprios agredidos para produzir efeito de barbárie.
Vergonha total de pagar as contas e não ter proteção alguma.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário