domingo, 19 de agosto de 2012

Saudade nunca termina no final


Saudade
Saudade a lua brilha na lagoaSaudade a luz que sobra da pessoaSaudade igual farol engana o marE imita o solSaudade sal e dor que o vento traz
Saudade o som do tempo que ressoaSaudade o céu cinzento a garoaSaudade desigualNunca termina no finalSaudade eterno filme em cartaz
A casa da saudade é o vazioO acaso da saudade fogo frioQuem foge da saudadePreso por um fioSe afoga em outras águasMas do mesmo rio

Nenhum comentário:

Postar um comentário