quarta-feira, 23 de abril de 2014

Da Série Contos Mínimos

Sentia muito medo de morrer enquanto dormia. À noite, sentiu seu coração disparar e falta de ar. A boca ficou seca, o sono foi embora. O peito doía. Tarde da noite não pensava em outra coisa senão nesse medo que o desesperava. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...