quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Da Série Contos Mínimos

A sua história era sempre a mesma: o lugar do coitadinho. "Por que comigo tudo sempre é dessa maneira?" Ele apenas não percebia que o gozo estava justamente nesse percurso do "meu-grande-sofrimento".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...