sábado, 18 de junho de 2016

Da Série: Contos Mínimos

Se o amor já vai embora, sempre é cedo. Tem muito dia pela frente se ele não está por aqui. Sobra espaço. Sobram horas. Ah ... se não fosse a música pra me preencher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário