domingo, 3 de julho de 2016

Da Série: Contos Mínimos

Onde foi? De que maneira? Quando? Com quem? A partir do quê? Eu ficava neste lugar das perguntas sem respostas. No lugar da repetição. Das falsas impressões sobre mim. E a vida lá fora corria solta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...