sexta-feira, 1 de maio de 2009

1º de Maio (texto)

O 1º de Maio, o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador, é uma data usada para celebrar as conquistas dos trabalhadores ao longo da história . Ela reporta ao ano de 1886, no qual ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores em Chicago, E.U.A..
Os trabalhadores protestavam contra as condições desumanas de trabalho e a carga horária diária pela qual eram submetidos (13 horas). A greve paralisou os Estados Unidos.
No dia 3 de maio, houve vários confrontos entre manifestantes e a polícia. No dia seguinte, esses confrontos se intensificaram, resultando na morte de diversos trabalhadores. Esses protestos ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket.
Em 20 de junho de 1889, em Paris, a central sindical chamada Segunda Internacional decretou o dia daquelas manifestações como data máxima dos trabalhadores organizados, para assim, lutar pelas 8 horas diárias de trabalho.
Em 23 de abril de 1919, o senado francês ratificou a jornada de trabalho de 8 horas e proclamou o dia 1° de maio como feriado nacional.
Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920. No Brasil, a data foi consolidada em 1925 no governo de Rodrigues Alves. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador passaram a ser anunciadas nesta data. Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalho, sendo considerado feriado em muitos deles.

Um comentário: