segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Sou organizado do meu jeito (texto)

Organização não tem meio termo (ou tem?). Não se pode, pelo menos do meu ponto de vista, ser mais ou menos organizado. Ou vc é ou vc não é. Essa história de que se é de um jeito particular organizado, soa estranho. Acabei de ouvir de um grande amigo aqui em Curitiba que: "Sou organizado do meu jeito, se eu coloco o meu colírio, por exemplo, em um lugar sei que vou encontrá-lo naquele lugar."
Fiquei pensando ... como é que alguém pode achar que colocar um colírio, por exemplo, sobre o fogão e encontrá-lo quando o procurar pode ser considerado uma pessoa organizada. Lugar de colírio, por exemplo, não é, definitivamente, sobre o fogão. Ou é?
Sou organizado quase beirando o transtorno obsessivo compulsivo (mais conhecido como TOC) e fico mais impaciente se procuro alguma coisa e perco mais de cinco minutos nessa busca. É claro que isso é um sofrimento tanto para quem é assim quanto para quem precisa conviver com quem se comporta daquele jeito.
Não consigo sair de casa se a cama não estiver arrumada, se tiver louça na pia. Não consigo estudar se o escritório não estiver arrumado, se os livros estiverem fora do lugar ou se eu souber que a área de serviço está desorganizada. Obsessão pura.
Já tentei até psicanalista, mas acho que é mais grave e preciso de um psiquiatra, ou internação. O fato é que gente mais ou menos organizada ... não existe.

Um comentário:

  1. É um ponto de vista maniqueísta! Digo isto porque sou mais ou menos organizado, rss.

    ResponderExcluir