sábado, 18 de setembro de 2010

Um posta de carne com dois olhos (texto)

Minha avó dizia que as pessoas eram "uma posta de carne com dois olhos" quando queria destacar o lado inútil de alguém. O alvo predileto dela era o meu avô. Eu me lembro muito bem, durante toda a minha infância e adolescência, dela repetindo diversas vezes que ele era essa tal posta de carne com dois olhos.
Eu não entendia muito bem o que isso significava, sabia, pelo tom da conversa, que só podia ser um xingamento. Além do climão que ficava sempre.
Lembro-me, ou lembro da minha mãe contar, que certa vez meu avô chegou em casa com uma galinha morta para o almoço e a minha avó não comia  galinha de jeito nenhum. Aquilo foi um deus nos acuda. Quando ela descobriu o que ele trazia para o almoço, imediatamente jogou a carne nele e repetiu diversas vezes a sua frase favorita: Este homem é uma posta de carne com dois olhos! Oh homem inútil.
Em casa vivíamos, minha mãe e eu, relembrando e rindo dessas situações.

2 comentários:

  1. Bem, adoro o humor da minha avó também. Sempre cheia de frases e preceitos. Essa da sua vó, me desculpe, mas vai fazer sucesso nas minhas conversas com uma grande amiga minha que mora no interior da Bahia. Ela sempre sai ganhando. Concluir uma extensa e agradável conversa que precisa ser interrompida já pelo andar das horas com uma preciosidade do tipo- 'cuida que já é noite' é bem a cara dela.
    Muito bom ter conhecido seu blog do avesso. rs
    inté

    ResponderExcluir
  2. Essa de posta decarne com dois olhos é o maximo, achei super engraçado, beijão.

    ResponderExcluir