quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Mas tb me diverti (texto)

Dia 4 de fevereiro, retorno à universidade. Pense em alguém desanimado. Pois é assim que me sinto só de pensar em voltar para tanta coisa (sempre) por fazer. 
O trabalho é um buraco sem fundo, não se consegue dar conta dele. Ah, doce ilusão ... a de poder estar mais livre, ou a de, pelo menos, poder fazer apenas aquilo de que se gosta. Missão impossível esta.
Na verdade, mesmo de férias, consegui escrever um projeto e mandar um resumo para um evento. Isso foi um trabalho e tanto, mas tb me diverti: cinema de montão, praia quando deu (janeiro no Rio é tanta chuva que não dá para acreditar), shows da Fátima Guedes, Tulipa Ruiz, Gal Costa (tudo a preço camarada e justo), teatro, amigos por perto (nem todos, é claro). Acordei sem compromisso, descansei muito.
Estou sim com saudades de dar aula, afinal é o que gosto de fazer. Conhecer os novos alunos. Rever alguns alunos antigos. Voltar a uma certa rotina. Isso eu gosto, muito! Saudades tb da minha outra casa, do silêncio da outra casa e dos amigos de Cascavel (alguns são tb da universidade). Pelo visto, voltar não é de todo ruim ... o que me preocupa mesmo são as chatices do trabalho (mas qual não tem    um lado ruim?): aquilo que chega, normalmente, hoje mas é para ontem. Êta trem ruim!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário