terça-feira, 12 de agosto de 2014

Da Série Contos Mínimos

Por vezes, ela atrapalhava-se com o passado e o presente. Tinha alguma dificuldade de saber se já fazia algum tempo ou se aquilo tinha acontecido ontem ou hoje pela manhã. Confundia a tristeza de agora com a alegria de meses, o que não era de todo ruim. Vivia num outro tempo verbal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...