quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Da Série: Contos Mínimos

Um era francês, o outro brasileiro. E se encontraram assim, por acaso. Tinham muita coisa para oferecer: gostos parecidos, gestos similares, intenções comuns. Uma noite agradável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aquela mão

Sabe aquela mão que vc segura quando é criança e se sente seguro? Tava precisando de uma assim. Nos resta , depois de adulto, apenas a poss...